Rússia veta proposta dos EUA para investigar ataques químicos na Síria

Nações Unidas, 10 abr (EFE).- A Rússia vetou nesta terça-feira, no Conselho de Segurança da ONU, uma proposta dos Estados Unidos para estabelecer uma nova investigação e atribuição de responsabilidades pelo uso de armas químicas na Síria.

A resolução americana, que também condenava o suposto ataque em Duma, no último fim de semana, recebeu o apoio de 12 países, a abstenção da China e os votos contrários de Rússia e Bolívia.

A Rússia, que impediu a adoção da iniciativa com o seu direito de veto, propôs hoje outras duas resoluções, a primeira para a criação de um mecanismo de investigação diferente, e a segunda para apoiar que especialistas da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) analisem o ocorrido em Duma. EFE