Fora do 'BBB 21', Sarah diz que já beijou na boca, mas reforça solteirice: 'Não tenho tempo para pensar em sexo'

·6 minuto de leitura

O jeito muito rápido de falar e a risada característica se mantiveram com o fim do “Big Brother Brasil 21”. Mas a Sarah Andrade que dá esta entrevista a Canal Extra definitivamente não é mais a mesma. A começar pela cautela que a acompanha nas respostas.

— Sinto muito o peso de saber que agora estou influenciando milhões de pessoas. É o mais maluco depois de sair da casa (do “BBB”). E os fãs querem saber do meu dia a dia, me dão muito carinho, isso é gostoso. Até as críticas construtivas que vêm deles têm sido importantes — avalia Sarah, por telefone, dentro de um carro, entre compromissos.

A mudança de comportamento tem surpreendido a própria brasiliense, que já foi de mala e cuia para São Paulo. Ela sabia bem que a vida iria mudar depois do reality show da TV Globo. Só não conseguia dimensionar o quanto. Os seguidores nas redes sociais cresceram. Por onde ela passa, pessoas pedem animadas por selfies, e na agenda se acumulam entrevistas e campanhas publicitárias:

— Eu vou começar a terapia. Não estou mal, continuo sendo a mulher segura que já era antes. É mais para entender a minha nova realidade, essa nova “persona”. Estou com aquela sensação de filme... Parece que colocaram a minha alma em um corpo que não era meu. Não é fácil digerir que agora tenho uma vida pública e que tinha um mundo de gente me esperando aqui fora.

Com o bônus da fama, vem o ônus. E chateações acontecem:

— Com os haters, principalmente, que se escondem na internet para falar coisas que machucam. Fico chateada, sou humana, tento evitar ler o que é negativo, não me apegar. Procuro me voltar para os que gostam de mim. E aí bola pra frente.

O saldo tem sido mais positivo. Da conta bancária, principalmente. Em relação a isso, a consultora de marketing está longe de reclamar. Mas já dá para dizer que faturou o prêmio de R$ 1,5 milhão aqui fora apenas com as redes sociais?

— Pode ser que sim (risos). A gente vai correndo atrás do dinheiro, mas tenho que trabalhar muito para isso. É que alguns contratos são fechados a longo prazo, então o dinheiro depende do tempo. Mas estou caminhando! — afirma.

O pensamento está concentrado agora na definição do futuro profissional. Notas na imprensa, por exemplo, ventilaram o interesse da RedeTV em contar com a ex-confinada em seu casting.

— Estamos conversando, sim, mas não há nada resolvido. Assim como estou falando com muitas outras pessoas. As oportunidades vão surgindo, e vou refletindo sobre o que é melhor para mim, se vou poder fazer agora ou só lá na frente... Fico muito feliz, de qualquer forma, porque são convites que nunca imaginei que um dia teria. Adoro lidar com o público e me identifico com a carreira de apresentadora. Mas não sei se vou para a TV, para a internet… Tenho que ver primeiro o que os meus seguidores querem — despista: — Aliás, eles estão todos curiosos para verem este nosso ensaio (que ilustra as páginas da Canal Extra)! Amei as referências.

A inspiração para as fotos foi Carrie Bradshaw, de “Sex and the city”, eternizada pela atriz Sarah Jessica Parker. Além do nome de sua intérprete, a jornalista da famosa série tem em comum com a nossa entrevistada a paixão por moda, o gosto por viver aventuras numa megalópole (a personagem, em Nova York; e a ex-BBB, em São Paulo) e a presença nas rodas badaladas de famosos. Sarah, quando morava em Los Angeles, nos EUA, por exemplo, frequentou festas de Leonardo DiCaprio, na casa de Justin Bieber, só para citar dois figurões.

— Difícil dizer quem deu a melhor festa. Eram diferentes umas das outras. Estava morando fora para fazer mestrado, mas tinha a vida social superativa. Acabei conhecendo muita gente — lembra.

Mesmo já tendo ficado cara a cara com celebridades mundiais, a surpresa tem sido grande com as mensagens privadas que recebeu no Instagram. Neymar, por exemplo, foi um dos com quem Sarah já papeou:

— Fiquei feliz por Neymar ter torcido por mim durante um tempo. Eu agradeci, ele respondeu, e conversamos um pouco. É engraçado mudar para “esse lado” (dos famosos). Morando em Brasília, não tinha acesso tão fácil às celebridades. Me sinto até abençoada sentindo esse gostinho também.

Dadas as devidas proporções, a personagem de “Sex and the city” e a nossa modelo se assemelham na postura de não conservarem arrependimentos. Carrie se viu triste por não ter conquistado um apartamento próprio, já que investiu seu dinheiro num closet com peças caríssimas. Mas a lamentação dura pouco, e fica tudo bem! Sarah foi a oitava eliminada do “BBB 21”, após embates com Juliette. Mas, a seus olhos, está tudo bem também. Faria tudo de novo.

— Não me arrependo de nada. Tudo que fiz foi porque era eu, e graças a esses erros tive oportunidade de aprender. Se não tivesse sido assim, estaria encenando. Saio dessa experiência entendendo melhor como lidar com outras pessoas, que tiveram criações diferentes, sabendo respeitar o espaço de cada um — diz Sarah, que preferiu não rever o programa: — Vi pouca coisa que me mandaram na internet. O que aconteceu na casa fica lá (risos). Não vou ficar me prendendo a jogo, senão enlouqueço!

Isso não significa, no entanto, que ela não tenha refletido sobre o passado. No programa “BBB dia 101”, em que os ex-brothers se reencontraram na casa após a final, a nova digital influencer pediu perdão à campeã da edição. A cena só não foi ao ar:

— Pedi desculpa porque não escutei Juliette como deveria. Acho que foi pela pressão psicológica também. Como fomos amigas em boa parte do jogo, senti que era preciso.

Mas o contato entre as duas parou ali:

— Não nos falamos mais. Estamos todos com a vida muito corrida. Mas claro que poderíamos ser amigas aqui fora, assim como fomos lá dentro.

Boa parte dos ex-participantes estão juntos em um grupo no WhatsApp. Ficaram fora apenas Juliette, Fiuk, Arcrebiano e Lucas Penteado. Sarah faz mistério quanto ao conteúdo das mensagens, mas garante que o papo ali anda pouco movimentado:

— Com quem falo mais é o Gil, não adianta. Já no grupo, às vezes falamos assuntos aleatórios, coisas da vida. Coisa boba.

Até porque, nos momentos de folga, a loura prefere ficar longe do celular.

— Faço esse detox digital em qualquer tempo que tenho livre. Sou péssima para responder mensagens. Quando tiro uma horinha é para falar com fãs — destaca.

As amigas inseparáveis de longa data já entendem esse jeito. Uma delas até se tornou assessora pessoal da ex-BBB. E em mais uma comparação com a série de sucesso dos anos 90, Sarah também se sente uma boa contadora de histórias para seu grupinho mais íntimo, principalmente as que envolvem flertes amorosos:

— Sempre gostei de falar da minha vida com as amigas. E conto tudo mesmo. Não sou baú para guardar segredo (risos).

E será que já deu tempo de tirar o atraso do período do confinamento?

— Cheguei a encontrar uma pessoa, que já conhecia antes. Foi um beijo só e tchau. Nada de romance. Estou fugindo de relacionamento. Brinquei que estou no desespero de arranjar uma amizade dessas (risos), mas a verdade é que não tenho nem tido tempo para pensar em sexo. Quero focar em trabalho, atrás de trabalho — diz.

Na última sexta-feira, 28 de maio, Sarah encontrou Rodolffo num trabalho em São Paulo, e o sertanejo entregou que ela está ficando com um "boiadeiro" que ele conhece.

Créditos

Texto e produção executiva: Leonardo Ribeiro

Fotos: Edilson Dantas/Agência O Globo

Styling: Rafael Menezes

Produção de moda: Felipe Castelo e Carol Goes

Beleza: Mike Salvatore

Agradecimentos: Casa Floráh e Duo Press

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos