Fora do 2º turno, Rodrigo Garcia agradece: "Vou continuar trabalhando para o Estado"

Rodrigo Garcia ficou de fora do 2º turno em São Paulo (Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo)
Rodrigo Garcia ficou de fora do 2º turno em São Paulo (Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo)

Após 28 anos, o PSDB não governará o estado de São Paulo. Rodrigo Garcia teve 18,4% dos votos e ficou de fora do segundo turno, que será disputado entre Tarcísio de Freitas (Republicanos) e Fernando Haddad (PT).

Nas redes sociais, Garcia assumiu a derrota, agradeceu e prometeu continuar trabalhando pelo estado de São Paulo.

"Quero agradecer o carinho com que fui recebido durante nossa campanha e os votos recebidos neste domingo. Vou continuar trabalhando para o Estado que tanto amo. São Paulo, conte sempre comigo", escreveu o atual governador. Garcia herdou o mandato de João Doria (PSDB), eleito em 2018.

2º turno em São Paulo

O estado de São Paulo terá 2º turno para decidir a sucessão do Palácio dos Bandeirantes. Fernando Haddad (PT) e Tarcísio de Freitas (Republicanos) voltarão a se enfrentar em 30 de outubro, quando os eleitores voltam às urnas.

Com 92% das urnas apuradas, Tarcísio ficou em primeiro lugar, com 42,59% dos votos válidos (9,1 milhões de votos), enquanto Fernando Haddad ficou com 35,46%, equivalente a 7,6 milhões de votos.