Força Aérea dos EUA encontra ‘restos mortais’ em trem de pouso de avião que saiu do Afeganistão

·1 minuto de leitura
Cena de desespero foi registrada no aeroporto em Cabul - Foto: Reprodução
Cena de desespero foi registrada no aeroporto em Cabul - Foto: Reprodução
  • Aeronave decolou em meio de centenas de pessoas na pista

  • Uma investigação foi aberta para apurar o caso

  • Também será investigado vídeo que mostra pessoas caindo do avião

A Força Aérea dos Estados Unidos informou que tropas encontraram “restos humanos” no trem de pouso do avião militar que retirou pessoas do Afeganistão após a tomada de poder pelo grupo extremista Talibã. A aeronave foi perseguida por centenas de pessoas na pista de decolagem do Aeroporto Internacional de Cabul, que em pânico queriam uma vaga para sair do país.

Agora, a Força Aérea abriu uma investigação. Serão analisados todos os vídeos que circulam nas redes sociais do momento em que o avião de transporte C-17 se movimenta com pessoas tentando se agarrar nas asas e rodas.

Leia também:

Em outras imagens, é possível ver o mesmo avião sobrevoando a capital afegã quando aparentemente duas pessoas caem da aeronave.

"Além de vídeos divulgados e reportagens da imprensa sobre pessoas caindo do avião durante a decolagem, restos humanos foram encontrados no trem de pouso do C-17 quando ele pousou na base aérea de Al Udeid, no Catar", afirma a porta-voz da Força Aérea dos EUA, Ann Stefanek.

Foto do interior de um avião C-17, da Força Aérea dos EUA, voando de Cabul para o Qatar em 15 de agosto. (Foto: Divulgação/Defense One)
Foto do interior de um avião C-17, da Força Aérea dos EUA, voando de Cabul para o Qatar em 15 de agosto. (Foto: Divulgação/Defense One)

"A investigação será exaustiva para que possamos obter todos os fatos sobre este trágico incidente", completou em nota.

Até agora, não foi divulgado um número total de vítimas da decolagem do avião.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos