Forças Armadas dos EUA estão construindo seu próprio metaverso

Forças Armadas dos EUA estão construindo seu próprio metaverso. Foto: Getty Images.
Forças Armadas dos EUA estão construindo seu próprio metaverso. Foto: Getty Images.
  • Dois pilotos de caça da Força Aérea norte-americana realizaram um experimento de proto-metaverso a bordo de jatos Berkut 540 no último dia 10 de maio;

  • Segundo um site norte-americano, a ação 'inaugurou' o metaverso militar dos Estados Unidos;

  • As mais avançadas tecnologias necessárias para a realidade aumentada e virtual já estão em mãos da defesa militar dos EUA.

Na última semana, dois pilotos de caça da Força Aérea norte-americana realizaram um experimento de proto-metaverso a bordo de jatos Berkut 540. Em altitude, ambos utilizaram fones de ouvido personalizados para se conectarem a um sistema que criava a imagem projetada de um avião voando ao lado deles.

Um dos dois fez uma manobra de reabastecimento com um navio-tanque virtual. Segundo a revista norte-americana Wired, a ação, que aconteceu no último dia 10, teria "inaugurado" o metaverso militar dos Estados Unidos.

Leia também:

As mais avançadas tecnologias necessárias para a realidade aumentada e virtual, como capacetes, simulações em 3D e ambientes digitais criados por inteligência artificial (I.A.) já estão em mãos da defesa militar do país.

A mistura de realidade aumentada com I.A. e gráficos de videogames já possibilitou que os pilotos praticassem combates aéreos contra oponentes virtuais, como aviões de guerra chineses e russos.

De acordo com a Red 6, startup que está desenvolvendo a tecnologia, esta permite testes muitos mais realistas que os simuladores de voo convencionais.

Tanto a Realidade Aumentada quanto a Virtual já se tornaram aspectos rotineiros no treinamento militar nos últimos anos, com programas como o Projeto BlueShark, sistema que permitia aos marinheiros dirigir embarcações em ambiente virtual, e o Projeto Vingador, atualmente usado para treinar pilotos da Marinha norte-americana.

*AS informações são da Wired.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos