Ford cria estação para carro elétrico com robôs que ajudam pessoas com deficiência

A ideia da Ford é que o dispositivo realize todo o processo de recarga sozinho (Divulgação)
A ideia da Ford é que o dispositivo realize todo o processo de recarga sozinho (Divulgação)
  • Ford aposta em tecnologia para facilitar a vida de pessoas com eficiência

  • As estações permitem o carregamento de veículos sem que o motorista saia do veículo

  • Robôs guiados por câmeras facilitam a recarga dos carros elétricos

O modelo criado para os carros elétricos foi pensado para deixar o dia a dia do condutor mais simples. No entanto, pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida podem ter dificuldade na hora de utilizar estações de recarga.

Para ajudar esses clientes, a Ford criou uma estação com robôs que pode ser utilizada sem que o motorista saia do carro. A operação é complemente realizada pelo celular. Depois de realizar testes, a montadora planeja implementar a ideia no cotidiano dos consumidores.

A tecnologia foi desenvolvida na Universidade de Dortmund, na Alemanha, e pode ser colocada em vagas para pessoas com deficiência em estacionamentos ou até mesmo na residência dos condutores.

O funcionamento do robô é simples. No momento em que o carro para ao lado do carregador, um braço mecânico se estende até o local do abastecimento. Após terminar a recarga, o dispositivo volta para a posição anterior. O status do abastecimento é informado em tempo real através de um aplicativo.

O intutio da criação é fazer com que o motorista não precise realizar qualquer esforço para abastecer o automóvel. A longo prazo, existe a expectativa de que veículos autônomos consigam ir sozinhos aos postos de recarga quando a bateria estiver chegando ao fim.

Com esses planos em mente, a marca anunciou que a próxima etapa será combinar as estações de recarga com robôs a sistemas de estacionamento autônomos. Mas esses são planejamentos para um futuro distante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos