Formado no Flamengo, atacante Daniel dos Anjos, do Benfica, pode ser repatriado

Diogo Dantas

O atacante Daniel dos Anjos, de 23 anos, que pertence ao Benfica, mas foi formado no Flamengo, pode ser repatriado pelo clube em 2020, por empréstimo.

O contrato com o time português vai até 2022, mas o jovem ainda tem 20% dos direitos ligados ao rubro-negro, que avalia a aposta de olho em uma futura venda.

O retorno após passagem de destaque na base entre 2016 e 2017 ainda não é certa, é há concorrentes da Série A.

Clubes do Sul e Sudeste manifestaram interesse em contar com o jogador, que se recuperou recentemente de uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Daniel ficou dez meses sem atuar, mas voltou e marcou seis gols em novo jogos no Benfica B. O jogador tem o potencial de finalizador e demonstrou interesse na volta ao Brasil.

A equipe B do Benfica não faz uma grande campanha na Liga Pro, a Segunda Divisão do futebol português.

No Flamengo, Daniel apareceu bem na equipe de base ao lado de Matheus Savio e Jean Lucas. No título da Taça Otávio Pinto Guimarães de 2016 fez gols nos dois jogos da decisão diante do Vasco.