Formiga se aposenta da Seleção Brasileira Feminina

·2 min de leitura
RIFU, JAPAN - JULY 21: Formiga of Brazil during the Tokyo 2020 Olympic Football Tournament match between China and Brazil at Miyagi Stadium on July 21, 2021 in Rifu, Japan (Photo by Pablo Morano/BSR Agency/Getty Images)
Formiga se despede da Seleção Brasileira Feminina nesta quinta. Volante atuou em sete Olimpíadas e sete Mundiais. Foto: (Pablo Morano/BSR Agency/Getty Images)

A partida desta noite entre a Seleção Brasileira Feminina e a Índia, na abertura do Torneio Internacional de Futebol Feminino, que também terá as participações das seleções da Venezuela e do Chile, marcará a despedida oficial de Formiga, volante histórica da Seleção Canarinho. Aos 43 anos, Formiga disputou 233 partidas com a camisa amarela, além de competir em sete edições de Jogos Olímpicos e outras sete Copas do Mundo.

Com tamanha relevância no cenário do futebol mundial, seja feminino ou masculino, Formiga recebeu mensagens de carinho de diversas personalidades do mundo da bola, como o Rei Pelé e a Rainha Marta, Cristiane, Sissi (sua ex-companheira de Seleção Brasileira), Megan Rapinoe, Cafu, Marquinhos e Alisson. Um vídeo, que faz parte da campanha #F8rmigaInterminável, publicado pelo perfil oficial da Seleção Brasileira Feminina documentou os recados:

Leia também:

Ainda fazendo parte de sua despedida, Formiga participou do The Players Tribune, espaço onde atletas publicam artigos e concedem entrevistas exclusivas. No texto intitulado Não Aprendi Dizer Adeus, Formiga diz que: "Eu queria mostrar para as meninas que elas podem ser o que quiserem. Você pode ser mulher. Você pode ser negra. Você pode ser nordestina. Você pode ser lésbica. Você pode jogar futebol. Você pode tudo. O mundo é seu!".

Mais do que o papel esportivo, Formiga reconhece seu papel social com a representatividade, sendo integrante de diversas minorias, que tem com as futuras gerações de mulheres no esporte: "A seleção tinha várias meninas negras como eu. E os diretores insistiam que a gente tinha de deixar o cabelo crescer ou alisar. “Vocês precisam ser mais femininas”, eles diziam. Mas eu era justamente o contrário do padrão que esperavam de mim."

Confira o cronograma detalhado do Torneio que marca a despedida da craque:

25 de novembro (quinta-feira)

Chile x Venezuela - 19h

Brasil x Índia - 22h

28 de novembro (domingo)

Índia x Chile - 18h

Brasil x Venezuela - 21h

01/12 (quarta-feira)

Venezuela x Índia - 18h

Brasil x Chile - 21h

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos