Fortaleza adota 'lockdown' a partir de sexta-feira para tentar conter coronavírus

Sérgio Roxo
O governador do Ceará, Camilo Santana

SÃO PAULO. O governador do Ceará, Camillo Santana, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Claúdio, anunciaram que a capital do estado adotará o lockdown, com proibição da circulação de pessoas, a partir da próxima sexta-feira. A população só poderá sair às ruas para buscar serviços essenciais, como atendimento de saúde, farmácias e supermercados. Também serão adotado bloqueios nas entradas da cidade.