Fortaleza recebe proposta para levar partida contra Fluminense pela Copa do Brasil para o Mané Garrincha

O Fortaleza recebeu uma proposta no valor de R$ 800 mil para mandar a partida diante do Fluminense, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, no Estádio Mané Garrincha. No entanto, a diretoria do Leão do Pici recusou a proposta inicial. Existe a possibilidade de os organizadores de Brasília aumentarem o valor nos próximos dias.

A informação foi divulgada inicialmente pelo 'O Povo' e confirmada pelo GLOBO. Na tabela divulgada pela CBF, o confronto está sem local definido. Isso porque o Castelão aguarda os laudo sobre a iluminação do estádio para confirmar o jogo. Caso não consiga, o Mané Garrincha viraria uma opção.

O Castelão entrou no centro de uma polêmica devido aos apagões recentes. Na queda de energia em Fortaleza x Palmeiras, a Enel Ceará constatou que a energia não retornaria ao estádio imediatamente por causa de um defeito interno no disjuntor geral.

Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz não vê vantagem em vender o mando de campo. Em Brasília, há expectativa.

— Não tem a menor chance de aceitarmos isso. O Fortaleza é da sua torcida, nosso jogo tem que ser aqui. Por dinheiro nenhum tenho intenção de mudar nosso mando de campo — disse o mandatário, ao 'O Povo'.

O jogo de ida contra o Fluminense, pela Copa do Brasil, está marcado para a próxima quinta-feira, 28, às 20h30.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos