Fortaleza x Fluminense: Diniz tem 79% de aproveitamento contra estrangeiros e encara Vojvoda, que tenta afastar pressão

Descontando os locais de nascimento, Juan Pablo Vojvoda e Fernando Diniz têm muitas coisas em comum. Métodos de treinamento particulares e diferentes que tanto que chamaram a atenção quando apareceram no futebol brasileiro. São dois dos principais nomes da “nova geração” e queridos pelas torcidas de Fortaleza e Fluminense, respectivamente, que se enfrentam pelas quartas de final da Copa do Brasil às 20h30 (de Brasília), no Castelão.

Bastidores do Fluminense: veja as últimas notícias e análises

Bola de Cristal: chances de título, queda e de vitórias do seu time no Brasileiro

Xodó da torcida do Fluminense, Fernando Diniz tem bom retrospecto contra técnicos estrangeiros. Desde que reassumiu o clube, em abril deste ano, são oito jogos, com seis vitórias, um empate e apenas uma derrota — total de 79% de aproveitamento. Inclusive, já venceu um confronto direto com o comandante do Fortaleza: 1 a 0, no Castelão, com gol marcado por Luiz Henrique.

Além desse triunfo, Diniz também tem vitórias diante Antonio Turco Mohamed (5 x 3 no Atlético-MG), Luís Castro (1 a 0 no Botafogo), Paulo Pezzolano duas vezes (2 a 1 e 3 a 0 no Cruzeiro) e Vítor Pereira (4 a 0 no Corinthians); o único empate foi com Abel Ferreira (1 a 1 com o Palmeiras) — antes, o tricolor nunca havia pontuado no Allianz Parque; e a única derrota foi o 2 a 1 para o Flamengo, do então técnico Paulo Sousa.

Fernando Diniz é um admirador de Vojvoda e de seu trabalho. Já falou sobre isso publicamente, inclusive. Também rasgou elogios ao Fortaleza antes de pedir pés no chão antes da partida.

— Grande time, grande treinador, diretoria bastante atuante, que está fazendo um trabalho de muitos anos, com o presidente Marcelo Paz. Tem o mesmo treinador há dois anos consecutivos e mantém um time extremamente competitivo. É um grande duelo. Time que tem todo o nosso respeito. Teremos que trabalhar muito para poder oferecer o nosso melhor nesse duelo da Copa do Brasil — disse Diniz.

Do outro lado, Vojvoda já pode ser considerado um ídolo da torcida do Fortaleza pelos feitos recentes, mas vive o seu momento de maior pressão no clube. Isso porque o Fortaleza já vê sinais de desgaste do treinador e chegou a avaliar a continuidade do trabalho. A demissão, no entanto, foi descartada neste momento.

Vojvoda foi campeão tanto do Estadual quanto da Copa do Nordeste nesta temporada, mas amarga a pior campanha na história dos pontos corridos após 19 jogos. Foram 14 rodadas na lanterna, com apenas 15 pontos somados. A equipe obteve apenas uma vitória como mandante.

No Fortaleza, o departamento de futebol acreditava em uma reação da equipe no Brasileiro ao longo do turno, mas isso não se confirmou. Isso fez a pressão externa das arquibancadas e das redes sociais ganhar coro no Castelão.

Diante do Santos, no último fim de semana, a atuação foi recebida com vaias e xingamentos ao treinador e ao elenco. Vojvoda tem multa rescisória considerada baixa, então a sua permanência se deve pelo resquício de confiança do presidente Marcelo Paz.

Neste período, o clube também vendeu o meia Yago Pikachu, seu maior destaque, para o futebol japonês. Entre os torcedores, há uma ala que defende que o técnico deve escalar reservas na Copa do Brasil para focar diretamente na reação no Brasileiro. Isso, porém, não deve acontecer.

Na última segunda-feira, a CBF confirmou a partida pela Copa do Brasil para o Castelão. O estádio passou por vistorias no gramado e na parte elétrica e teve a aprovação da entidade.

O Castelão também fez reparos no gramados. Mas o principal ponto que quase tirou a partida de lá foram os apagões nas últimas semanas. Segundo a Federação Cearense, o problema foi resolvido. O presidente do Fortaleza revelou que recebeu uma oferta para vender o mando para Brasília. No entanto, recusou a proposta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos