Forte sismo assusta mexicanos

O medo regressou às ruas do México, para onde muitos fugiram, quando a terra voltou a tremer esta segunda-feira. O sismo de magnitude 7.6 na escala de Richter registou-se na costa oeste do país, precisamente no dia dos aniversários dos dois terramotos mais destrutivos da história do México: um em 1985, outro em 2017.

"Tenho medo. É incrível que isto aconteça novamente, cinco anos depois. Sabíamos que ia voltar a acontecer, mas é muita coincidência que tenha acontecido agora novamente", realça uma mulher.

"A verdade é que momentos como estes são muito difíceis, revivemos a experiência passada, o último terramoto, e ficamos angustiados. Espero que o governo entenda o que os cidadãos estão a viver, em todos os momentos, não apenas no terramoto, mas também antes e depois do terramoto", pede um cidadão.

Horas antes, várias cerimónias tinham prestado homenagens às vítimas dos sismos anteriores. Pelo menos 3200 pessoas morreram no terramoto de 1985 e 369 em 2017.