Forte terremoto noturno assusta mexicanos; pelo menos uma morte é registrada

Pessoas aguardam fora de suas casas após tremor na Cidade do México

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um terremoto de magnitude 6,8 atingiu o oeste do México nesta quinta-feira, causando a morte de uma mulher na Cidade do México que caiu e bateu a cabeça enquanto moradores saíam de suas casas durante o segundo grande tremor no país nesta semana.

O governo da Cidade do México disse que a mulher tropeçou nas escadas no bairro Doctores, no centro da cidade, quando os alarmes de terremoto soaram e os prédios começaram a tremer.

A cidade também informou que um homem no sul da capital sofreu um ataque cardíaco fatal após o terremoto.

Em outras partes do país, não houve relatos imediatos de danos graves, disseram as autoridades.

O terremoto, que o Serviço Geológico dos EUA (USGS) mediu pela primeira vez em magnitude 7,0, foi mais fraco e mais profundo do que o tremor de segunda-feira, atingindo uma profundidade de 20,7 km.

O terremoto de magnitude 7,6 de segunda-feira ocorreu no aniversário dos terremotos mortais de 1985 e 2017, matando duas pessoas na cidade de Manzanillo.