Fortes chuvas causam quedas de árvores e alagamentos em SP

RICARDO HIAR
SÃO PAULO, SP, 27.11.2019: CLIMA-SP - Nuvens carregadas anunciam chuva na região da capital paulista na tarde desta quarta-feira (27). (Foto: Suamy Beydoun/Agif/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As fortes chuvas que atingiram a cidade de São Paulo desde o final da tarde desta quarta (27) causaram pontos de alagamento e a queda de dezenas de árvores.

Segundo os Bombeiros, a corporação recebeu ao menos 80 chamados com relatos sobre quedas de árvores. Em um dos casos, uma árvore caiu sobre uma residência na rua Juriti, no bairro Uberabinha (zona sul). Não há informações sobre feridos. 

Durante o temporal também foram registrados dois pontos de alagamento e dois deslizamentos. 

Toda a cidade chegou a entrar em estado de alerta para alagamentos por volta das 17h, de acordo com o CGE. O córrego Morro do S, no Capão Redondo, e o do Ipiranga, ambos na zona sul, entraram em iminência de transbordamento, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da Prefeitura de São Paulo.

Em Cotia a força da chuva causou a queda das telhas de um imóvel sobre uma criança. Ela foi socorrida antes da chegada dos bombeiros e passa bem.

O Climatempo afirma que na quinta-feira, a situação piora. A chuva começa cedo e todas as regiões do estado ficam sujeitas a temporais. O dia terá céu nublado e entrada de ar frio de origem polar. "De quarta para a quinta, a temperatura pode cair até 10°C na capital paulista", afirma a meteorologista Josélia Pegorim.

Thomaz Garcia, meteorologista do CGE, também alerta para a chuva forte e generalizada na capital paulista, com potencial para alagamentos. "Evite transitar em ruas alagadas, passar por enxurradas, ficar embaixo de árvores e perto de postes", aconselha Garcia.

O especialista explica que é normal a entrada de frentes frias nesta época do ano, mas não a sequência de "gangorras", com temperatura na marca dos 14°C ou 15°C, mas acontece.