Fortes chuvas obrigam à retirada de milhares de pessoas de Sidney

Fortes chuvas obrigam à retirada de milhares de pessoas de Sidney

As inundações na região de Sidney levaram as autoridades australianas a retirar cerca de 50 mil pessoas de casa, esta terça-feira. Em mais de 20 áreas da capital e arredores foi decretado o estado de calamidade natural.

Perante o mau tempo que promete não dar tréguas, o chefe do governo do estado de Nova Gales do Sul, Dominic Perrottet, dirigiu-se à população para informar que se prevê "que mais chuvas fortes continuem ao longo da semana" e que "este evento está longe de ter terminado". Por favor, não seja complacente, onde quer que esteja. Por favor, tenha cuidado", alertou ainda.

Os dias consecutivos de chuvas torrenciais fizeram barragens transbordar. os leitos dos rios são insuficientes para conter a escalada do nível das águas. Do dia para a noite, comunidades ficaram isoladas, as casas inundadas e sem eletricidade.

A forte precipitação dos últimos dias está a ser causada por um sistema de baixa pressão junto à costa Leste da Austrália

Na memória de Nova Gales do Sul permanecem ainda as inundações devastadores de março, que fizeram 20 mortos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos