Fortuna de vice de Castro é de R$ 14 milhões, 4x a menos que o registrado no TSE

Washington Reis é vice na chapa do governador Cláudio Castro (Foto: Reprodução)
Washington Reis é vice na chapa do governador Cláudio Castro (Foto: Reprodução)

O patrimônio de Washington Reis, candidato a vice na chapa de Cláudio Castro (PL) ao governo do Rio de Janeiro, é 4 vezes maior que o registrado ao Tribunal Superior Eleitoral: o ex-prefeito de Duque de Caxias, alvo de operação da Polícia Federal, soma cerca de R$ 14 milhões em sua conta bancária. Os valores foram apurados pela Folha de S. Paulo.

O candidato informou em nota que seus bens somam R$ 3,4 milhões, declarados ao TSE. Porém, a reportagem informou que o emedebista é sócio da empresa WR Participações, cujo patrimônio atinge R$ 11 milhões. Reis, que divide a sociedade com a irmã, detém 98% da firma. Seis terrenos em Belford Roxo fazem parte da WR, que reúne compras suspeitas de lavagem de dinheiro.

"É importante lembrar que o valor das quotas sociais não pode ser confundido com o valor dos ativos de uma empresa. Isto não quer dizer que a WR Participações tenha em seu balanço patrimônio maior que R$ 13 milhões", diz a nota enviada pela assessoria do ex-prefeito.

Na última quinta-feira (1), a Polícia Federal apreendeu um fuzil na casa do candidato a vice-governador do RJ . A ação, feita em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), foi deflagrada nesta quinta-feira (1) para investigar favorecimento na Secretaria de Saúde de Duque de Caxias, onde Reis foi prefeito.

A PF também encontrou R$ 700 mil em montantes de dinheiro vivo na casa do ex-secretário de saúde de Caxias José Carlos de Oliveira.

Reis já foi condenado por crime ambiental

Em 2016, o vice de Castro foi condenado pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal por crimes ambientais e parcelamento irregular do solo, ocorridos entre 2005 e 2009, no primeiro mandato dele como prefeito de Caxias.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)