Fotógrafo Sebastião Salgado ganha título de doutor honoris causa em Harvard

·1 minuto de leitura

O fotógrafo Sebastião Salgado foi agraciado na última quinta-feira com o título de doutor honoris causa em Harvard. A Universidade, uma das importantes do mundo, reconheceu as contribuições do paulista no campo das artes.

"Sebastião Salgado é um ilustre fotógrafo conhecido por projetos ambiciosos, que documentam a situação difícil de pessoas que vivem em meio a adversidades e que contam histórias destinadas a chamar a atenção para os desafios urgentes da sociedade", diz o texto de apresentação da cerimônia. "Ele viajou para mais de 100 países para seus renomados projetos fotográficos, focados em pessoas atingidas pela seca e fome, mineiros, migrantes e refugiados, trabalhadores rurais deslocados pela indústria, comunidades indígenas, ameaças crescentes ao mundo natural, e a floresta amazônica do Brasil. Suas fotografias em preto e branco retratam poderosamente a dignidade de cada ser humano, bem como a beleza e fragilidade da natureza".

No site da universidade, é listado o currículo do mineiro, que hoje mora a maior parte do tempo na França. Ele tem mestrado pela USP e Ph.D pela Universidade de Paris, ambos em Economia. Depois de trabalhar na área, começou a fotografar em 1973. Hoje, ele e a esposa, Leticia Salgado, comandam o Instituto Terra, focado em preservação e reflorestamento da Amazônia.