Foto do ministro do TSE Benedito Gonçalves com camisa de Lula é montagem

Ministro Benedito Gonçalves, do TSE (Foto: Divulgação / STJ)
Ministro Benedito Gonçalves, do TSE (Foto: Divulgação / STJ)
  • Publicações com uma suposta fotografia do ministro Benedito Gonçalves do TSE vestindo uma camiseta estampada com o rosto de Lula circulam nas redes

  • A imagem viralizou após o ministro impedir Jair Bolsonaro de utilizar imagens do evento oficial do 7 de setembro em sua campanha eleitoral

  • A fotografia viral, contudo, é uma montagem

Uma foto do ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Benedito Gonçalves vestindo uma camiseta vermelha estampada com o rosto do candidato ao Planalto e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) circula nas redes sociais com centenas de compartilhamentos. Contudo, esse registro se trata de uma montagem.

Captura de tela de uma montagem com a foto do ministro Benedito Gonçalves do TSE supostamente vestindo uma camiseta estampada com o rosto de Lula (Foto: Facebook / Reprodução)
Captura de tela de uma montagem com a foto do ministro Benedito Gonçalves do TSE supostamente vestindo uma camiseta estampada com o rosto de Lula (Foto: Facebook / Reprodução)

Buscas reversas pela imagem do ministro não encontraram registros semelhantes em sites de notícias ou em outros endereços confiáveis. Somente foram identificadas checagens de notícias que identificavam a imagem como uma montagem.

A fotografia foi publicada originalmente no Instagram em julho de 2017:

A mesma foto foi reproduzida em um texto de 2019 do UOL sobre moda plus size. É possível identificar elementos semelhantes na montagem e na fotografia original, como a calça utilizada pelo homem, os sapatos, assim como o rodapé e o chão com um piso faltando no canto inferior direito da imagem.

A imagem manipulada do ministro Benedito Gonçalves passou a circular após ele proibir o presidente Jair Bolsonaro (PL) de usar em sua campanha eleitoral registros dos eventos oficiais do último 7 de setembro.

Publicação semelhante foi verificada pelo Aos Fatos e Agência Lupa.