Foto de Zema com deputados do MDB passa por 'photoshop' e disfarça encontro eleitoral na sede do governo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Fotos do encontro em que o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), recebeu o apoio de lideranças do MDB para sua reeleição tiveram o fundo adulterado ao serem publicadas nas redes sociais, o que disfarçou o fato de a reunião ter ocorrido na Cidade Administrativa, sede do governo mineiro. Segundo o próprio partido, o encontro serviu para sacramentar o apoio emedebista a Zema nas eleições deste ano.

Flagra na cueca e em caixas: casos de políticos pegos com dinheiro vivo se arrastam na PGR

Sonar: Ataques e críticas dominam grupos de WhatsApp pró-Lula e Bolsonaro

Dois registros da reunião que passaram por "photoshop" foram compartilhados, na sexta-feira, pelos deputados federais Hercílio Coelho Diniz e Newton Cardoso Jr., que também é o presidente do MDB mineiro. A informação foi publicada primeiramente pelo jornal "O Tempo" e confirmada pelo GLOBO.

A legislação eleitoral proíbe que agentes públicos utilizem "bens móveis ou imóveis" pertencentes ao governo em prol de candidaturas. De acordo com a Lei 9.504 de 1997, também conhecida como Lei das Eleições, condutas desse tipo podem ser punidas com multa e com cassação do registro de candidatura.

Efeito 'LuZema': Pesquisa mostra eleitores de Lula escolhendo Zema: entenda o efeito

Entrevista: 'Subestimei o fator político. O Novo não pode se isolar', diz Zema

O disfarce, porém, acabou desvendado pelo próprio diretório estadual do MDB, cujas redes sociais compartilharam as imagens originais do encontro com Zema, sem a adulteração do fundo. Outros parlamentares presentes ao encontro, como o deputado federal Fábio Ramalho (MDB-MG) e o vereador Teteco, do município de Contagem, também publicaram fotos sem edição.

Na imagem original do encontro com Zema, é possível constatar que a parede e objetos ao fundo são de uma sala de reuniões da Cidade Administrativa, que aparece em registros oficiais publicados pelo governo de Minas e pelo próprio Zema em outras ocasiões. Compare nas imagens abaixo:

Zema não compartilhou registros do encontro. No perfil do diretório estadual do MDB, a legenda das fotos afirma, sem especificar o local da reunião, que o partido "fechou apoio à reeleição" de Zema durante o encontro. "Em reunião realizada hoje (14/7) em Belo Horizonte com o governador Romeu Zema, o MDB de Minas com o respaldo da executiva estadual fechou apoio a reeleição do atual chefe do executivo mineiro", diz o texto.

O deputado Newton Cardoso Jr., presidente do diretório estadual do MDB, e um dos que adulterou o fundo da imagem, usou palavras do mesmo teor para descrever o encontro com Zema na Cidade Administrativa. Ao citar aspectos considerados positivos da gestão Zema, Cardoso escreveu que "tudo isso foi determinante para que o MDB unisse forças para a reeleição do governador".

Já os deputados Hercílio Coelho Diniz, que publicou uma versão com "photoshop", e Fábio Ramalho, que postou a foto original, descreveram o encontro de maneira genérica, como uma conversa "sobre as demandas de Minas Gerais".

Nas pesquisas divulgadas até aqui, Zema tem aparecido à frente de outros concorrentes na disputa pelo governo de Minas, como o ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), e o senador Carlos Viana (PL). Além do MDB, o governador busca formar uma coligação com partidos como PP, Podemos e União Brasil, que formam sua base na Assembleia Legislativa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos