1 / 16

16 coisas que o EI deixou para trás nos locais em que foi derrotado

16 coisas que o EI deixou para trás nos locais em que foi derrotado

Nos últimos anos o Estado Islâmico (popularmente conhecido como EI) foi capaz de ganhar terreno e poder na Síria e no Iraque, tirando proveito dos conflitos internos que estes dois países sofriam.

No entanto, o ano de 2016 não foi tão bom para o grupo. Apesar de terem cometido vários atentados, como o de Bruxelas e o de Nice, a verdade é que eles perderam influência em seus dois feudos tradicionais. Seus inimigos conseguiram derrotá-los em várias cidades, como Palmira e Faluja.

Em muitas ocasiões os militantes do grupo foram obrigados a fugir, deixando algumas de suas posses para trás, entre edifícios, armas, meios de transporte, e até os corpos de combatentes mortos.

TresB