Fotos da Nasa revelam 'luzes estranhas' nas Malvinas



Uma reunião da Nasa em dezembro de 2012 mostrou ao mundo uma das imagens espaciais mais impressionantes já vistas: um mapa de luzes que mostra como é o planeta durante a noite. Após quase um ano estudando a imagem, o ponto de destaque curioso foi a concentração de luz entre a Argentina e as Malvinas. Para surpresa de todos, o local é marcado pela extrema presença de barcos de pesca, o que faz o estranho fenômeno acontecer.

Leia também:
Nasa aceita cientistas chineses de conferência de astronomia
Estudo diz que 1 em cada 5 estrelas como o Sol pode ter planetas habitáveis



Em comunicado, a própria Nasa se mostra surpresa e explica o fenômeno: "Não são assentamentos humanos e não há incêncios ou plataformas de gás no local. Mas há uma enorme quantidade de barco, milhares deles que tem luzes muito potentes para atrair seus alvos para a superfície".



Se algumas pessoas pensaram em "força extraterrestre" ao observas a estranha concentração de luz, a Nasa chama a atenção para o problema ambiental que é flagrado neste local: milhares de barcos pescam ilegalmente nas Malvinas, já que o número de luzes excede e muito o número de embarcações legalizadas do local.



A presença de barcos ilegais coloca em risco o ecosssistema local, já que milhares de baleias, focas e pinguins que vivem na região são dependentes de peixes locais para se alimentarem. Com a grande presença de pescadores, a comida fica escassa e diversas espécies estão morrendo no local.