10 / 15

Com a corda no pescoço

Egípcios carregam cartazes com a imagem do ex-presidente Hosni Mubarak na forca em protesto em frente ao Tribunal. Acusado de envolvimento na morte de manifestantes e de corrupção, ele se declarou inocente e o julgamento foi adiado para 15 de agosto.

Ascensão e queda de Hosni Mubarak

Presidente do Egito, eleito quatro vezes, subiu ao poder depois de tragédia nacional e renunciou após Primavera Árabe.