1 / 5

Femen

Ativistas do Femen, da Ucrânia, realizaram um protesto em frente ao Masp, na avenida Paulista. O ato pediu por melhorias para as mulheres gestantes no serviço público de saúde brasileiro

Femen prostesta contra o SUS em SP

Ativistas do Femen, da Ucrânia, fizeram neste domingo (29) um ato por melhorias para gestantes no serviço público de saúde brasileiro. O protesto é uma resposta à proibição do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) da participação de médicos obstetras em partos residenciais/Fotos: Felipe Rau e Nelson Antoine/AE