1 / 16

Crise europeia

Crise europeia
O maior sinal de que a recessão europeia não acabou em 2012 veio em maio, quando os eleitores franceses pela primeira vez em décadas votaram para tirar um presidente, o conservador Nicolas Sarkozy, para dar poder aos socialistas de François Hollande. O segundo maior sinal veio quando os esquerdistas franceses começaram a governar: membros do governo admitiram voltar de 35 para 39 as horas trabalhadas por semana. Os países testam as águas para fazer mudanças dolorosas para o contribuinte em todo o Velho Continente. Sem falar nos cortes de orçamento.

Leia mais sobre a crise europeia

Notícias do ano

20 de dezembro de 2012

Relembre os fatos mais importantes e os eventos mais chocantes de 2012.