França: 48% acreditam que fraude é possível na eleição presidencial

·2 min de leitura

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (19) na França avalia o nível de desconfiança da população sobre o resultado da eleição presidencial, cujo segundo turno acontece no próximo domingo (24). De acordo com o estudo, 48% das pessoas ouvidas acreditam que o pleito poderia ser alvo de uma fraude, enquanto 14% foram mais assertivos e disseram que o escrutínio vai ser fraudado. Os eleitores da extrema direita são os que mais desconfiam do processo eleitoral.

A pesquisa realizada pelo instituto Ifop para o Fundação Reboot constata que a ideia de que os resultados da eleição presidencial francesa vão ser ou poderiam ser fraudados é cada vez mais presente entre a população da França.

Em um primeiro momento, os entrevistados foram questionados se era possível fraudar os resultados do pleito. 48% disseram que sim, contra 52% de respostas negativas.

Em seguida, o instituto perguntou, de forma mais direta, se os resultados da eleição vão ser alvo de irregularidades. O estudo aponta que 14% das pessoas ouvidas disseram que o escrutínio vai ser fraudado.

Os eleitores da extrema direita são maioria entre os que desconfiam dos resultados do pleito. Pelo menos 30% dos partidários de Marine Le Pen e 29% dos apoiadores de Éric Zemmour desconfiam do processo democrático. Entre os defensores de Emmanuel Macron, apenas 7% acreditam em uma hipótese de fraude.

A pesquisa também aponta o peso da internet na maneira como a população consome informações sobre política. Desde 2009, quando foi feito um estudo anterior sobre o mesmo tema, o número de pessoas que buscam informações políticas na rede triplicou na França, representando agora a principal fonte para 31% da população.


Leia mais

Leia também:
Site francês Mediapart acusa Marine Le Pen de desvio de dinheiro da União Europeia
Após 5 anos de governo, Macron tem desafio de superar "antimacronismo"
Grupos franco-brasileiros alertam nas redes sociais para risco de eleição de Marine Le Pen na França

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos