França: Manifestantes em Paris denunciam discurso "racista" de ex-jornalista candidato à presidência

·1 min de leitura

Quase 2.200 pessoas se manifestaram em Paris neste domingo (5), de acordo com a polícia, contra a candidatura do ex-jornalista de extrema direita Éric Zemmour às eleições presidenciais francesas, de abril de 2022. Os manifestantes, convocados por 50 sindicatos, partidos e associações, denunciaram o discurso “racista” do candidato. O primeiro comício de Zemmour foi marcado por hostilidades contra jornalistas e violência.

Com os punhos levantados e gritando “Zemmour fora, Paris não é sua”, os manifestantes se reuniram no bairro de Barbès, no norte da capital francesa, e marcharam em direção ao parque de la Villette, onde o ex-jornalista realizaria seu primeiro comício de campanha. Finalmente, o evento foi deslocado para a cidade de Villepinte, 20 km ao norte de Paris, devido ao “entusiasmo do público” e por razões de segurança, segundo a equipe do candidato.

“Zemmour fugiu de Paris”, ironizou Simon Duteil, porta-voz da união sindical Solidaires. “É importante mostrar que não vamos permitir que o fascismo avance”.

As ideias da extrema direita são banalizadas. Nós defendemos ideias humanistas”, afirmou Jean Luc Hacquart, responsável da organização sindical CGT da região Île de France, que engloba Paris.

A manifestação terminou de maneira pacífica ao chegar no parque de la Villette. Apesar de ser considerada “de risco” pela polícia, apenas duas pessoas foram detidas. Segundo os organizadores quase 10.000 pessoas participaram.


Leia mais

Leia também:
Candidatura de Eric Zemmour à presidência da França revela mal-estar profundo na sociedade francesa
Principal partido de direita francês escolhe pela primeira vez uma mulher como candidata para eleições presidenciais
Com duelo inesperado, direita francesa define neste sábado candidato à presidência

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos