França pede que países da União Europeia façam testes para Covid-19 em turistas chineses

PARIS (Reuters) - A França pediu neste domingo que os demais países da União Europeia testem os viajantes chineses para Covid-19 depois que Paris tomou a decisão em meio a um surto que varre o país.

Considerando todo o bloco, que tem 27 países, apenas a Itália e a Espanha também exigem testes, e as autoridades de saúde de todo a região não conseguiram na semana passada chegar a um acordo sobre um esforço conjunto.

Outras reuniões serão realizadas nesta semana.

A partir de domingo, a França exige que os viajantes da China forneçam um resultado negativo do teste para Covid-19 realizado menos de 48 horas antes da chegada e testarão aleatoriamente aqueles que chegarem.

"A França vai pressionar para que esta metodologia seja aplicada em toda a União Europeia", disse o ministro da Saúde, François Braun, enquanto ele e o ministro dos Transportes, Clement Beaune, divulgavam os novos procedimentos no aeroporto Roissy Charles de Gaulle, em Paris.