França registra 180 mil novos casos de Covid-19 em 24h e bate recorde desde início da pandemia

·2 min de leitura

Três dias após ultrapassar a barreira das 100.000 infecções diárias, a França quebrou seu recorde nesta terça-feira (28) ao registrar 179.807 novos casos de Covid-19. Este é o maior número de novos casos registrados diariamente desde o início da pandemia, em março de 2020.

Os dados são reflexo da alta transmissão da variante ômicron pelo território francês. "Tudo indica que possamos chegar a mais de 250.000 casos por dia até o início de janeiro", previu o Ministro da Saúde Olivier Véran, durante uma coletiva de imprensa na segunda-feira (27), quando foram anunciadas novas medidas sanitárias no país.

Desde segunda, o trabalho remoto passou a ser a regra para todas as empresas que podem adotá-lo. A máscara tornou-se obrigatória também nas ruas de muita movimentação, além de em locais fechados.

Bares e cafés, que já exigem um passaporte sanitário na entrada, não podem mais servir clientes em pé, reduzindo assim as aglomerações no interior. E o número de pessoas em eventos para grande público foi limitado: 5 mil pessoas ao ar livre ou 2 mil pessoas em ambientes fechados, afetando partidas esportivas e espetáculos.

Com o aumento de casos, especialistas têm criticado o posicionamento do governo francês, que decidiu não adotar um toque de recolher que pudesse atrapalhar o Ano-Novo e nem adiar a volta às aulas na escola, como fizeram alguns dos países vizinhos.

De acordo com a Santé publique France, o número de pacientes Covid-19 hospitalizados continua a aumentar: há atualmente 17.405 pacientes de Covid hospitalizados, sendo 3.416 deles em UTIs.

* Com informações da AFP


Leia mais

Leia também:
Para lutar contra ômicron, França impõe máscara novamente em espaços abertos e incita trabalho remoto
Retrospectiva 2021: ômicron acaba com sonho de retorno à vida normal
Covid-19: Moradores de metrópole chinesa só poderão sair de casa a cada três dias

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos