França registra mais de 30 mil novos casos de Covid-19 e ministro faz apelo: "é urgente se vacinar"

·1 min de leitura

O Ministério da Saúde da França anunciou nesta terça-feira (23) 30.454 novas contaminações por Covid-19 em um período de 24 horas. Desde agosto essa alta quantidade de infecções não era registrada no país, que enfrenta a quinta onda da doença.

Com o novo balanço, a França chega ao total de 7,45 milhões de contaminações desde março de 2020, quando a pandemia foi declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para o ministro francês da Saúde, Olivier Verán, essa é mais uma prova que a quinta onda de Covid-19 já se instalou no país.

"Por isso, é urgente se vacinar e é urgente receber a dose de reforço quando estivermos aptos a fazê-lo", declarou o ministro. Diante da Assembleia Francesa, nesta terça-feira, Verán classificou o aumento de infecções como "grave".

Em apenas uma semana, o número de novos casos deu um salto de 54%. Há onze dias consecutivos o aumento semanal da quantidade de infecções ultrapassa a barreira de 50%.

Entre os novos contaminados, está o primeiro-ministro francês, Jean Castex, que testou positivo à Covid-19 na segunda-feira (22). "Com exceção de sintomas leves, estou bem e continuo a exercer minhas funções em quarentena", afirmou no Twitter.

Medidas para conter a quinta onda

(RFI com agências)


Leia mais

Leia também:
Premiê francês testa positivo para Covid-19 e põe parte do governo belga em quarentena
Quinta onda da Covid-19 se propaga a uma velocidade "vertiginosa", diz porta-voz do governo francês
França: quinta onda de coronavírus já chegou e vai se acelerar

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos