França: taxa de participação oscila no 2º turno da eleição legislativa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A participação no segundo turno da eleição legislativa na França registrou uma "ligeira" alta ao meio-dia, neste domingo (19), em relação ao primeiro turno, há uma semana, antes de registrar uma queda às 17h. O pleito vai determinar se o presidente reeleito, Emmanuel Macron, terá a maioria das cadeiras na Assembleia Nacional, à frente da coalizão de esquerda, Nupes.

O chefe de Estado francês, acompanhado de sua esposa, Brigitte, votou por volta das 13h na cidade Le Touquet, na costa noroeste da França. Em seguida, ele cumprimentou apoiadores e curiosos que o aguardavam do lado de fora, na chuva.

A taxa de participação no pleito, na França metropolitana, era de 18,99% segundo o ministério do Interior — 0,56% acima em relação ao primeiro turno. Mas às 17h o índice era de 38,11%, uma baixa de 1,31% com relação ao primeiro turno, quando 39,42 % dos eleitores já tinham votado no mesmo horário.

Mais de 48 milhões de franceses estão inscritos para votar no segundo turno. Os partidos que integram a coalizão presidencial Juntos! devem eleger 289 dos 577 deputados para obter a maioria na Assembleia — na França, os senadores são escolhidos por voto indireto.

Oito dos nove candidatos apoiados pela coalizão de esquerda foram eleitos na Martinica, Guadalupe e na Guiana Francesa. O partido de Macron, a República em Marcha, perdeu uma cadeira na Guiana e outra em Guadalupe.

(Com informações da AFP)


Leia mais

Leia também:
Macron busca estratégia para barrar avanço da coalizão de esquerda no 2° turno das legislativas
França: Esquerdas se recuperam e ganham terreno no primeiro turno das eleições legislativas
França: resultado de eleições legislativas no domingo é “suspense absoluto”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos