França vê maior salto em número de pessoas em UTI com Covid-19 em meses

·1 minuto de leitura

PARIS (Reuters) - A França informou nesta sexta-feira que 5.254 pessoas no país estavam em unidades de terapia intensiva com Covid-19, aumento diário de 145, maior variação em cinco meses.

Novos casos confirmados também saltaram para a maior taxa semanal desde o fim de novembro, quando a França estava em seu segundo lockdown nacional.

O ministério registrou 46.677 novos casos, 6,2% a mais do que há uma semana, elevando o total para 4,74 milhões.

Durante meses, o governo tentou conter a epidemia com toques de recolher e medidas de confinamento regional. Mas, diante de uma contagem crescente de casos e da pressão sobre o sistema hospitalar, o presidente Emmanuel Macron ordenou um novo lockdown em todo o país a partir da próxima semana.

A França também registrou nesta sexta-feira 332 novas mortes por Covid-19, elevando o total para 96.280, mas a nova contagem de óbitos incluiu apenas 32 mortes em lares de idosos durante três dias.

(Por Matthieu Protard e Geert De Clercq)