França vai definir preço do álcool gel por decreto

Preço do álcool gel disparou na França

A França vai estabelecer por decreto o preço do álcool gel, que viu a demanda disparar desde o surgimento do novo Coronavírus, com o objetivo de evitar "preços inaceitáveis", anunciou nesta quarta-feira o ministro da Economia, Bruno Le Maire.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

"Anuncio que hoje (quarta-feira) aprovaremos o decreto para regulamentar o preço do álcool gel", disse o ministro ao canal BFM Business.

Leia também

"Há uma falta de disponibilidade dos produtos", reconheceu Le Maire, antes de explicar que "lavar as mãos com sabão é igualmente eficaz". "Há casos isolados nos quais foram aplicados preços inaceitáveis", disse.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Le Maire anunciou na terça-feira uma investigação da Direção Geral de Prevenção de Fraudes (DGCCRF) sobre os aumentos de preços do gel desinfetante e das máscaras de proteção desde o anúncio dos primeiros casos de coronavírus na França.

Nesta quarta-feira também foi publicado um decreto do presidente Emmanuel Macron para requisitar máscaras de proteção e reservá-las para os funcionários da área da saúde e os pacientes.

O novo coronavírus deixou quatro mortos na França e 3.200 infectados. No mundo o balanço é de 3.200 mortos e 92 mil casos.