Francia Márquez diz acreditar que Brasil terá presidente negra no futuro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em encontro com parlamentares e pré-candidatas negras, na manhã desta quarta (27), no Rio de Janeiro, a vice-presidente recém-eleita da Colômbia, Francia Márquez, disse acreditar que o Brasil terá no futuro uma presidente negra.

Ela também se colocou à disposição para contribuir com a entrada na política no Brasil de mais mulheres negras.

O evento ocorre no dia em que a vereadora Marielle Franco completaria 43 anos. Assassinada a tiros em 2018, o nome da parlamentar foi lembrado como referência política e como exemplo de violência que não pode mais acontecer. Quatro anos depois, o crime ainda não foi solucionado.

Irmã de Marielle, a educadora e presidente do Instituto Marielle Franc, Anielle Franco, esteve presente no encontro, assim como as deputadas Benedita da Silva (PT-RJ) e Talíria Petrone (PSOL-RJ).

Francia e as brasileiras também falaram sobre os desafios e estratégias para as eleições brasileiras a partir da experiência da Colômbia, que acaba de eleger Gustavo Petro como presidente do país.

O encontro foi organizado por entidades negras e da sociedade civil como o Instituto Marielle Franco, Instituto Ibirapitanga, Mulheres Negras Decidem, Instituto Alziras, Instituto Peregum e Rede de Mulheres Negras de Pernambuco.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos