Frank Aguiar lembra banda com Simone e Simaria: "Elas brigavam, horas depois estavam bem"

Frank Aguiar com Simone e Simaria no programa de Ronnie Von. Foto: Reprodução/TV Gazeta
Frank Aguiar com Simone e Simaria no programa de Ronnie Von. Foto: Reprodução/TV Gazeta

Resumo da notícia:

  • Frank Aguiar se pronunciou sobre a atual fase de Simone e Simaria

  • Em entrevista exclusiva ao Yahoo, o cantor relembrou da convivência com a dupla

  • Artista garante que estará em defesa das irmãs independente da situação

Aos 14 anos de idade, em 1996, Simaria foi aprovada em um teste para backing vocal da banda de Frank Aguiar. Dois anos depois, em 1998, Simone também começou a fazer parte do grupo de forró. Ali começava a história de sucesso das irmãs que se tornariam uma das maiores duplas sertanejas do país. No entanto, mais de duas décadas depois, as cantoras passaram a virar notícia pela relação estremecida e declarações polêmicas, que renderam o afastamento da primogênita da dupla.

Em entrevista exclusiva ao Yahoo, Frank Aguiar, um dos responsáveis por alavancar a carreira de Simone e Simaria, relembrou da convivência com as artistas. Ele ainda revelou sofrer com comentários negativos que têm marcado a carreira das baianas ao garantir que irá defendê-las independente da situação.

O início de tudo

A história de Frank com Simone e Simaria começou quando elas foram vistas cantando em um restaurante. Embora muito novas, as duas logo foram notadas pelo carisma e pela voz. "Ali, eu tive uma intuição que seria um instrumento também para carreira delas. Como uma ponte para elas galgarem e contar a própria história no futuro. Foi um momento muito feliz quando as encontrei e daí começamos a trabalhar", iniciou ele.

Com Simaria, foram sete anos de parceria. Simone entrou na banda dois anos depois e passou cinco anos como backing vocal de Frank. Para ele, as viagens por todo o Brasil com as irmãs, no auge de sua carreira, representaram um momento "muito próspero". "Sou muito grato pela passagem delas na minha vida", ressaltou, cheio de elogios à personalidade e ao talento das cantoras.

Os atritos

Questionado sobre a relação com as irmãs, Frank não escondeu a existência de desentendimentos apesar de exaltar a proximidade com a dupla. "Era uma relação de pai para filho. Eu brigava, protegia, queria, de todas as formas, estar ali acompanhando e elas correspondiam. Elas sempre foram muito obedientes, pontuais e de princípios. A mãe delas sempre acompanhava quando podia e, quando não, eu tinha autorização para acompanhá-las. Só tenho boas recordações", relembrou.

De acordo com ele, os problemas ali existentes "eram muito de família", e não de patrão e empregados, afinal, eles passavam mais tempo juntos, na estrada, do que com seus próprios parentes. "Viajávamos juntos, fazíamos 30 shows, a gente tinha avião próprio na época, ônibus e tudo mais. A gente tinha desencontros e, momentos depois, estávamos bem. Eram atritos muito normais", completou.

Embora Frank destaque a parceria com as cantoras, o desligamento da dupla ocorreu em 2007, segundo ele por desgaste. "Quando senti que os atritos estavam ficando mais estressantes era a hora que o universo estava se manifestando, chamando a atenção da gente para que elas tivessem a mudança de ciclo. Saíssem para contar a própria história", afirmou.

Com a separação, as irmãs entraram na banda Forró do Muído, quando despontaram com sucessos como "Sorte" e "Tá com medo de amar, é?". Depois, passaram a se apresentar como dupla, também apelidada de "As Coleguinhas". O passo seguinte foi trocar o forró pelo sertanejo, ritmo no qual são hoje reconhecidas.

Entre irmãs

Sobre a fase conturbada na relação profissional de Simone e Simaria, Frank Aguiar não tem dúvidas do laço forte entre elas. Como quem já trabalhou ao lado da dupla, o artista ressalta que elas "se amam muito", são "carne e unha". "Ali não tem nada que faça elas ficarem de mal. Elas brigavam, tinha os desencontros delas, concórdias e discórdias como irmão. Eu também tenho com meu irmão. Mas, nas horas seguintes, elas estavam igual carne e unha: amando, se perdoando, se entendendo", declarou.

"Acho muito natural tudo o que acontecia. Via tudo com normalidade e achava muito bonito aquele amor delas. Elas brigavam entre elas, horas depois estavam muito bem, mas se alguém falasse mal de alguma delas para a outra ouvir, elas iam e defendiam uma a outra. Isso é amor. Isso é irmandade, é se respeitar, se defender".

Brincalhona X Gestora

Definindo Simone e Simaria como uma dupla talentosa, carismática e respeitosa com os fãs, Frank acredita que o sucesso estava escrito e apontou as principais características de cada. "Sempre fui muito próximo das duas. A Simone sempre muito mais brincalhona, sorridente e a Simaria sempre mais gestora, preocupada com o repertório, em fazer música. Elas se completam muito. Elas agregaram muito na minha carreira, na fase daquele auge todo", refletiu.

O jeito brincalhão de Simone é visto por todos que acompanham a dupla e já assistiram suas entrevistas. Já Simaria sempre ressalta que é o nome gerindo os trabalhos nos bastidores.

Os julgamentos

Sem fugir do assunto atual, o veterano confessou que sofre com a repercussão negativa do comportamento das irmãs. "Elas têm todo o meu respeito, eu fico orgulhoso, emocionado e, às vezes, fico triste quando são mal compreendidas pelas únicas personalidades. Não são falsas, não têm personalidade falsa, elas são verdadeiras", explicou.

Para Frank, a recepção do público com as polêmicas tem sido marcada por incompreensão. "As amo muito e sofro quando vejo comentários mal compreendidos sobre a personalidade delas, porque ninguém sabe o que está dentro de cada um. (...) Elas, certamente, nunca vão deixar de ser irmãs, de ser unidas, de se amar e estar juntas. É um momento que vai servir de evolução para elas e para todas as pessoas", analisou.

Por fim, o cantor rebateu a interpretação de que Simone esteja insatisfeita com Simaria embora ela tenha feito reclamações sobre a irmã em recente entrevista. "Não vejo conforme as pessoas estão comentando a insatisfação da Simaria em relação a irmã. De forma alguma. Eu interpreto de outra forma. Vejo a Simaria dizendo que ela faz a parte mais administrativa de gestão da carreira das duas enquanto Simone faz aquele outro networking, com os fãs, as brincadeiras, as palhaçadas no bom sentido, fazia comigo inclusive", pontuou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos