Fraude: polícia apreende R$ 20 milhões de empresário que prometia bitcoins em 'pirâmide'

·1 minuto de leitura
  • Esquema do dona da GAS Consultoria Bitcoin, especulava no mercado de criptomoedas;

  • Foram encontrados também dólares e euros em espécie e até barras de ouro;

  • Glaidson Acácio dos Santos, alvo da Operação Kryptos, foi preso na manhã de hoje.

O dono da GAS Consultoria Bitcoin, Glaidson Acácio dos Santos, foi preso na manhã de hoje após a Polícia Federal apreender cerca de R$ 20 milhões em espécie em sua mansão, na Região dos Lagos (RJ). Ele é um dos alvos da Operação Kryptos, deflagrada hoje pela PF. Segundo investigações, o valor provém de um esquema de pirâmide, onde o empresário prometia lucros exorbitantes a seus clientes

O esquema era baseado na oferta pública de contrato de investimento, sem prévio registro nos órgãos regulatórios. Segundo a PF, a empresa especulava no mercado de criptomoedas, com uma previsão insustentável de retorno financeiro sobre o valor investido. 

Leia também:

Foram encontrados também dólares e euros em espécie e até barras de ouro, todos suspeitos de virem do esquema de Ponzi, nome dado a pirâmide financeira. No total, os agentes estão cumprindo dois mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão contra suspeitos de fraudes bilionárias com criptomoedas. 

Nos últimos seis anos, a movimentação financeira dessas empresas chegou a cifras bilionárias. Conforme disse o G1, o esquema de Glaidson dos Santos prometia 10% de lucro em investimentos de clientes no mercado de criptomoedas.

Em 7 anos, o empresário movimentou pelo menos R$ 2 bilhões em uma empresa suspeita de aplicar golpe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos