Fred 400: Pelo Fluminense, atacante mira feito batido por Messi e Cristiano Ronaldo

Marcello Neves
·2 minuto de leitura

Não há duvida de que a carreira de Fred é uma das mais vitoriosas do futebol brasileiro. Mesmo do alto de seus 37 anos, o atacante continua balançando as redes e dando o que falar. No jogo de hoje do Fluminense, ele pode atingir mais um feito histórico — os 400 gols marcados como profissional na carreira. A vítima pode ser o lanterna Macaé, pela oitava rodada do Campeonato Carioca, às 21h35, no Raulino de Oliveira.

Até aqui, a temporada de Fred é positiva. O camisa 9 fez três gols em seus dois primeiros jogos neste Estadual. Com 398 atualmente, basta marcar duas vezes diante do Macaé para entrar em um seleto grupo que conta com craques como Lionel Messi, do Barcelona, Cristiano Ronaldo, da Juventus, e Robert Lewandowski, eleito melhor do mundo na última temporada, do Bayern de Munique.

Os 398 gols de Fred estão divididos da seguinte forma: 180 gols pelo Fluminense, 81 pelo Cruzeiro, 43 pelo Lyon, 42 pelo Atlético-MG, 34 pelo América-MG e 18 pela seleção brasileira.

Chegar a tal marca não é tarefa fácil. Inúmeros artilheiros reconhecidos internacionalmente não atingiram os 400 gols em suas carreiras. O ucraniano Andriy Shevchenko, por exemplo, marcou 305. O alemão Miroslav Klose, o maior artilheiro da história das Copa do Mundo, tem 330. Hernán Crespo, técnico do São Paulo e ex-centroavante da seleção argentina, anotou 283, enquanto o marfinense Didier Drogba, ídolo do Chelsea, parou em 365.

Líder no elenco, Fred voltou a mostrar seu faro de artilheiro pelo Fluminense. Com a série de três gols nos dois primeiros jogos que disputou, o camisa 9 igualou seus melhores inícios de temporada na carreira.

O atacante tem 18 anos como profissional e já havia igualado esta série em quatro oportunidades até aqui: nas temporadas de 2004, 2009, 2011 e 2015 — os últimos dois anos também pelo Fluminense.

Fred está próximo também de se tornar o segundo maior artilheiro da história do tricolor. Com 180 gols pelo clube, ele está a quatro de igualar o ex-atacante Orlando Pingo de Ouro, que teve passagem memorável com a camisa do Fluminense entre os anos de 1945 e 1953. A marca, aliás, foi um dos objetivos traçados por Fred em seu retorno ao clube. O topo da lista é praticamente inalcançável: Waldo tem 319 gols.

Pelo Campeonato Carioca, o Fluminense está em sexto lugar, com dez pontos conquistados. Na rodada, foi ultrapassado pelo Botafogo e precisa triunfar para seguir em busca da classificação às semifinais. O Macaé é o lanterna, com apenas um ponto.