DIU, liberdade, internação e mais: tudo que Britney Spears denunciou em audiência

·4 minuto de leitura
Singer Britney Spears arrives at the 2016 MTV Video Music Awards in New York, U.S., August 28, 2016.  REUTERS/Eduardo Munoz/File Photo
Singer Britney Spears arrives at the 2016 MTV Video Music Awards in New York, U.S., August 28, 2016. REUTERS/Eduardo Munoz/File Photo

Britney Spears deu um novo passo para sua futura liberdade nesta quarta-feira (23). Durante uma audiência para que seu pai, Jaime Spears, deixe de ter sua tutela após 13 anos, ela revelou situações chocantes a qual foi submetida. 

"Eu realmente gostaria de poder processar a minha família. Meu pai ama o controle que ele tem sobre mim, tenho 100% de certeza disso", disse Britney em sua participação por Zoom na audiência na justiça. "Eles fizeram um ótimo trabalho explorando minha vida, então acho que esta deve ser uma audiência aberta. Essa é a minha vida e quero que o público me ouça", reforçou no início dos trabalhos. 

Leia também

Britney acusa o pai de obriga-la a trabalhar doente, não respeitar suas vontades, usa-la como um produto para ficar mais rico e até submetê-la a tratamentos contra sua vontade.

“Quero poder me casar e ter um filho. Disseram que não posso me casar. Tenho um DIU dentro de mim, mas eles e não me deixam ir ao médico para removê-lo porque eles não quero que eu tenha mais filhos. Esta tutela está me fazendo muito mais mal do que bem.”, contou a cantora enquanto falava que era obrigada a realizar shows das residências de Las Vegas assinas pelo seu pai.

Realidade

Spears ainda relatou as vezes que mentiu publicamente. “Eles deveriam estar presos. Fui forçada a mentir dizendo que estava feliz. Disse para o mundo inteiro que eu estou bem, é mentira. Não estou feliz, não consigo dormir à noite, estou deprimida, choro todos os dias. É meu desejo e sonho que tudo isto chegue ao fim. Eu quero minha vida de volta”, pediu.

A artista não teve a chance de escolher eu advogado para se defender: “Estava em turnê em 2018 (obrigada) - não pude nem ter um advogado pra mim, já estava há 4 anos fazendo shows em Vegas e tudo que queria e precisava eram férias, mas disseram que tinha que emendar shows pelo financeiro.”

E completou: “Meu advogado disse que eu não deveria deixar o público saber de nada que aconteceu comigo. Não é justo que eles estejam espalhando mentiras sobre mim abertamente! É o meu desejo e sonho que tudo isso acabe. Quero minha vida de volta”

Internações

Em 2019, Jaime, o pai dela, assinou um novo contrato de residência em Las Vegas para a inédita ‘Domination Tour’. Descontente, ela se recusou a seguir algumas regras dos ensaios e discutiu com o tutor e foi internada compulsoriamente em uma clínica psiquiátrica. "Eu ensinei as minhas coreografias aos meus dançarinos. Senhora, não estou aqui para ser uma escrava. Posso dizer não a um passo", relatou. 

Ela revelou que após o acontecimento, foi dopada com lítio, que um estabilizador de humor e costuma deixar as pessoas letárgicas. Ele é usado para tratar bipolaridade na maioria dos casos.

"Meu empersário ligou para a minha terapeuta e disse que eu não estava seguindo os parâmetros dos ensaios. Essa mesma mulher esteve me medicando pelos últimos 8 anos. Estava domando Lítio, eles me deram as mesmas medicações por 5 anos. Lítio é um remédio forte e foi como se estivesse bêbeada", relatou. 

“Fui para uma clínica específica para aquilo ser um espetáculo para os papparazis. Não fiz nada no mundo para merecer este tratamento. Não está certo me forçar a fazer algo que eu não quero fazer”, declarou.

Busca pela liberdade

Britney sonha em ter sua vida como uma mulher livre. “Gostaria de poder compartilhar minha história com o mundo. Senhora, eu trabalho desde os 17 anos. Não posso ir a algum lugar a menos que encontre alguém todas as semanas em um escritório. Acredito que esta tutela é abusiva. Estou aberta para falar com você sobre isso. Sinto-me cercada, intimidada, abandonada e sozinha. Estou cansada de me sentir sozinha. Eu mereço ter os mesmos direitos, ter um filho ou qualquer uma dessas coisas”, pediu.

Após os pedidos, Samuel Ingham III, que é o advogado designado pelo Governo desde 2008, informou que poderá iniciar um processo de transição para outro advogado. A juíza Brenda Penny solicitou que ele inicie o processo. A audiência foi suspensa por conta da transmissão ao vivo pelas redes sociais das falas de Britney e uma nova data foi marcada para 14 de julho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos