Freixo adere a colete à prova de balas em campanha no Rio, diz colunista

Freixo adere a colete à prova de balas em campanha no Rio, diz colunista (Photo by MAURO PIMENTEL / AFP)
Freixo adere a colete à prova de balas em campanha no Rio, diz colunista (Photo by MAURO PIMENTEL / AFP)

Marcelo Freixo (PSB), deputado federal e candidato ao governo do Rio de Janeiro, aderiu ao colete à prova de balas em sua campanha. Segundo colunista do O Globo, ele usou a vestimenta de proteção em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

Em 2008, Freixo presidiu a CPI das Milícias na Assembléia Legislativa, quando era deputado estadual. Na época, recebeu várias ameaças de morte após a Comissão indiciar 225 pessoas, entre policiais civis, militares, bombeiros e agentes penitenciários. Pouco mais de 10 anos depois, um relatório da Polícia Civil revelou que um policial militar e dois comerciantes eram suspeitos de envolvimento em um plano para assassinar o deputado.

Em julho deste ano, o deputado fez denúncia sobre intimidação e ameaça sofrida por ele e apoiadores durante ato na Tijuca, bairro da zona norte carioca. Segundo ele, o autor seria o deputado bolsonarista Rodrigo Amorim (PTB).

No último dia 30, após momentos de tensão com apoiadores de seu adversário, Claudio Castro (PL), ele decidiu mudar o local marcado para ato da campanha.

No Rio, Castro sobe 7 pontos e chega a 26%; Freixo tem 19%, diz Ipec

A pesquisa Ipec - antigo Ibope - divulgada nesta terça-feira (30), mostra que Cláudio Castro (PL) abriu vantagem sobre Marcelo Freixo (PSB) na disputa pelo Rio de Janeiro: Castro subiu sete pontos percentuais, com 26% das intenções de voto em relação ao adversário. Freixo subiu dois pontos, ficando com 19%.

Na pesquisa anterior, divulgada no último dia 15 de agosto, havia um empate técnico entre os dois candidatos mais bem colocados. Castro aparecia com 21%, enquanto o deputado federal possuía 17%. No levantamento, as intenções de voto em Cláudio Castro crescem entre os homens, indo de 26% para 34%; e entre eleitores que vivem nos municípios que formam a Região Metropolitana (20% para 28%).

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)