Freixo pede à Procuradoria que intervenha em troca de chefe do órgão da PF que investiga Jair Renan

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 22.06.2021 - O deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 22.06.2021 - O deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ), líder da minoria na Câmara, pediu ao Ministério Público Federal providências a respeito da troca no comando da Polícia Federal no Distrito Federal.

Ele pede que a Procuradoria no DF "intervenha no caso concreto, investigando ou recomendando uma postura nos termos constitucionais".​

Como revelou a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o diretor-geral da PF, Paulo Maiurino, decidiu trocar o chefe da superintendência no local.

Lá estão algumas das mais sensíveis apurações em andamento atualmente, como os inquéritos sob relatoria de Alexandre de Moraes, do STF, o de fake news, o sobre organização criminosa dos atos antidemocráticos e o da live com ataques às urnas eletrônicas feita por Jair Bolsonaro.

Na superintendência também está a investigação sobre Jair Renan, filho 04 do presidente. Recentemente, saiu de lá uma operação contra desvios de recursos no Ministério da Saúde.

Em seu ofício, Freixo diz que "é algo inaceitável numa democracia a Polícia Federal venha sendo um instrumento quase que particular da família Bolsonaro e dos seus aliados".

"Requer-se, portanto, que medidas urgentes sejam tomadas para coibir que a Polícia Federal venha a se tornar um órgão apenas a serviço das vontades pessoais dos membros do governo federal e da família do presidente da República", diz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos