Chuvas: Frente fria avança em São Paulo com risco de mais alagamentos nesta quarta

Chuvas causam alagamentos na cidade de São Paulo; Tempo fechado deve continuar nesta quarta-feira (28) - Foto: Cris Faga/NurPhoto via Getty Images
Chuvas causam alagamentos na cidade de São Paulo; Tempo fechado deve continuar nesta quarta-feira (28) - Foto: Cris Faga/NurPhoto via Getty Images

As fortes chuvas que atingiram a cidade de São Paulo nesta terça-feira (27), geraram diversos alagamentos, com ao menos 28 pontos intransitáveis, segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da capital paulista. A previsão que nesta quarta, às chuvas intensas continuem a cair, gerando outros pontos de alagamento na cidade.

De acordo com a prefeitura de São Paulo, a chuva desta terça-feira foi a maior quantidade de pontos alagados desde o dia 15 de março, quando foram registrados 30 pontos com alagamento.

A chuva intensa aconteceu por causa de uma frente fria que avançou sobre São Paulo e intensificou as áreas de estabilidade que já estavam sobre o estado.

Os alagamentos foram registrados nas zonas leste, sudeste e oeste da cidade de São Paulo. Nestas regiões choveu de 40 a quase 70 mm em 12 horas. Choveu forte também pelo interior e no litoral paulista.

O grande volume de chuva causou o extravasamento do córrego Franquinho e do rio Verde, ambos na zona leste da capital.

Além disso, ainda segundo previsões é que a região da grande São Paulo também continua sujeita a chuva volumosa e que poderá causar novos alagamentos e transbordamento de córregos.

Áreas de estabilidade permanecem sobre todas as regiões paulistas no decorrer desta quarta causando mais chuva.

Para esta quinta-feira (29), apesar do afastamento da frente fria durante o dia, a área de instabilidade vai continuar se formando sobre o estado de São Paulo, ou avançando sobre o estado até o final desta semana.

Ainda de acordo com a previsão é de que durante a quinta e a sexta-feira todas as regiões paulistas ainda tenham muita nebulosidade e pancadas de chuva frequentes que podem ser moderadas a fortes.

A tendência é de que a chuva vá diminuindo durante o sábado, 1 de outubro, com o afastamento das áreas de instabilidade do estado de São Paulo.

A previsão para o domingo de eleições é de que o sol predomine em quase todas as regiões paulistas.