Frente fria deve provocar queda de temperatura na Região Sul, diz Inmet

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de uma frente fria que derrubou as temperaturas no sul do país em meados e maio e no início de junho, os termômetros voltarão a registrar marcas próximas a zero grau a partir desta quinta-feira (28).

A frente fria na região deve provocar chuva forte e rajadas de vento. Há também risco de queda de granizo, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). As informações são da Agência Brasil.

Para esta quinta, logo nas primeiras horas do dia, a expectativa é de pancadas de chuva forte com rajadas de vento na metade sul do Rio Grande do Sul, com risco de queda de granizo. No fim da tarde, nas demais áreas do centro-norte do estado e em Santa Catarina, a projeção é de pancadas de chuva e eventuais rajadas de vento. As temperaturas mínimas previstas para a região nesse dia são de 7°C e 8°C.

Já na próxima sexta-feira (29), a frente fria avançará rapidamente pelo norte de Santa Catarina e pelo Paraná, provocando pancadas de chuva e queda acentuada nas temperaturas --que devem se aproximar de zero grau nas áreas mais altas.

O frio continuará até o fim de semana. Os cálculos do Inmet mostram ainda grandes chances de formação de geadas em boa parte da Região Sul no sábado (30), exceto no litoral.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos