Frigoríficos mataram 6,56 milhões de bois e 1,57 bilhão de frangos no primeiro trimestre

·1 minuto de leitura
  • Número de bois mortos no trimestre caiu 10,6%.

  • Na contramão, abate de frangos cresceu.

  • Número de porcos mortos também aumentou.

O número de bois mortos em frigoríficos brasileiros no primeiro trimestre de 2021 foi de 6,56 milhões, o que representa uma queda de 10,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Leia também:

As informações são da Estatística da Produção Pecuária, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e repercutidas em reportagem da Agência brasil.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Caiu o volume de abates em 23 estados brasileiros, com Mato Grosso liderando o número de bois mortos, com 15,7% do abate nacional. Na sequência vem o Mato Grosso do Sul, com 11,7% e São Paulo, com 10,2%.

Na contramão, aumentou o número de frangos mortos no mesmo período. Ao todo, foram 1,57 bilhão de aves abatidas nesse mesmo tempo. Segundo o IBGE, o aumento é de 3,3% em relação ao mesmo período de 2020.

Cresceu também o número de porcos mortos: foram 12,62 milhões suínos abatidos, aumento de 5,7% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos