Fuga da Rússia para a Sérvia

O anúncio de Vladimir Putin de mobilização parcial, na Rússia levou à fuga de milhares de pessoas. Em Belgrado, na Sérvia, os "media" noticiam que o preço das rendas das casas subiu devido à chegada de muitos russos.

Uma família russo-ucraniana saiu da Rússia no início da invasão da Ucrânia e fixou-se na pacata localidade sérvia de Yasha Tomic.

Dariya Prokopyeva tinha receio que o filho, Leo, "ficasse deprimido, que fosse difícil para ele. Como comunicariam? Ele, o único menino russo em Yasha, não conhece ninguém, mas lentamente ele foi fazendo amigos quando entrou no jardim-de-infância "

Esta família não faz planos para o futuro pois sabe que tudo pode mudar de uma hora para a outra. Por enquanto, vai-se fixando em Yasha Tomic onde, atualmente, é a única recém-chegada da Rússia.

Uma das habitantes da localidade, Vesna Treunov, conta: "Este é um lugar pequeno, por assim dizer... Há a fronteira romena. Fiquei surpreendida, mas agora vejo que as pessoas os aceitam e se encaixam muito bem. Aprendem nossa língua, damo-nos bem, convivemos..."

Quanto ao futuro, esta família russo-ucraniana só sabe uma coisa, não pretende voltar para a Rússia. Um dia esperam ir para a Ucrânia onde pretendem ajudar a reconstruir o país.