Bandido atira em funcionário da Light que cortava energia em favela na Zona Norte do Rio

Um funcionário da Light foi baleado na favela do Muquiço, em Guadalupe, na Zona Norte do Rio, na tarde dessa sexta-feira. Segundo a concessionária, o homem fazia um reparo em um poste na Rua Maquinista José Santana, acompanhado de um colega de trabalho, quando foi abordado por um homem que questionou o que o profissional estava fazendo no local. Após informar que executava um corte no fornecimento de energia por inadimplência, o profissional foi atingido por um disparo de arma de fogo no pé esquerdo.

Violência no Rio: Polícia prende mulheres suspeitas de matarem guia de turismo a facadas

Veja vídeo: Guia de turismo é morto a facadas por mulheres ao reagir a assalto no Centro do Rio

O homem foi socorrido e levado para o Hospital municipal Albert Schweitzer, em Realengo, também na Zona Oeste. De acordo com informações da secretaria municipal de Saúde, sua condição de saúde é estável. O caso foi registrado na 33ª DP (Realengo).

Em Búzios: Após postagens nas redes sociais, PMs que faziam segurança de rapper Orochi são presos por porte ilegal de arma

Em nota, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que foi acionada, na tarde desta sexta-feira, para verificar a entrada de uma vítima de disparo de arma de fogo no hospital Albert Schweitzer. No local, os policiais tiveram a informação de que um funcionário da Light tinha sido atingido por criminosos no Muquiço.

A Light afirmou através de uma nota que um eletricista da empresa ELLCA, prestadora de serviços da distribuidora, foi abordado por pessoas armadas e questionado sobre o serviço que realizava na região, em Marechal Hermes. A Light afirmou ainda que registrou a ocorrência na 33ª Delegacia de Polícia e diz estar acompanhando o caso.