Funcionários de alto escalão dos EUA informarão senadores sobre chips semicondutores

Por David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) - Três funcionários de alto escalão do governo dos Estados Unidos vão informar senadores, na quarta-feira, sobre a corrida global de inovação e tecnologia e um projeto de lei para impulsionar a fabricação de chips semicondutores nos EUA, disseram duas autoridades à Reuters.

A secretária de Comércio, Gina Raimondo, a diretora de Inteligência Nacional, Avril Haines, e a vice-secretária de Defesa, Kathleen Hicks, conduzirão o briefing confidencial com todos os senadores na tarde de quarta, enquanto parlamentares democratas e a Casa Branca fazem um esforço para obter a aprovação de uma legislação que financiaria 52 bilhões de dólares em subsídios à produção de chips e impulsionaria a inovação científica e tecnológica dos Estados Unidos para competir com a China.

Raimondo disse à ABC News no domingo que o projeto de financiamento de chips "tem que passar agora. Não daqui a seis meses, (mas) agora. É bipartidário". Ela disse que o projeto de lei de chips ajudaria a "baixar os preços dos chips, o que reduziria o preço de praticamente tudo o que você compra, porque tudo inclui chips".

O líder republicano do Senado, Mitch McConnell, ameaçou recentemente tentar bloquear o projeto se os democratas avançarem com um projeto de gastos sociais e climáticos.

A legislação do Senado, aprovada em junho de 2021, incluiu 52 bilhões de dólares para subsídios a chips e autorizou outros 200 bilhões de dólares para impulsionar a inovação científica e tecnológica dos Estados Unidos para competir com a China.

A versão da Câmara, aprovada em fevereiro, é semelhante, mas tem quase 3 mil páginas e inclui várias propostas comerciais que não estão no projeto do Senado e espera-se que muitas disposições da Câmara sejam retiradas.

Alguns temem que o Congresso não consiga chegar a um acordo antes das eleições parlamentares de novembro se não decidirem o projeto nas próximas semanas.

Os parlamentares alertam que alguns grandes investimentos na produção de novos chips nos Estados Unidos podem ser prejudicados sem uma ação do Congresso.

(Por David Shepardson)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos