Funcionários da Anvisa interrompem jogo do Brasil após argentinos violarem regras sanitárias

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — A seleção da Argentina deixou o campo depois que funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) entraram no gramado da Arena Neo Química, na zona leste de São Paulo, onde se realizava jogo das eliminatórias da Copa do Mundo.

Os agentes da Anvisa argumentam que quatro jogadores da Argentina não podem exercer qualquer atividade no Brasil antes de passar por uma quarentena pois estiveram, antes, no Reino Unido. Apesar da determinação da Anvisa, Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero foram escalados.

A Confederação Argeniina creditava a escalação do quarteto a um acordo da Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) que libera atletas de passarem por quarentenas em partidas oficiais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos