Funcionários do setor aéreo desistem de greve planejada para segunda-feira

·1 min de leitura
A informação foi divulgada em comunicado neste domingo (28). Foto: Getty Images.
A informação foi divulgada em comunicado neste domingo (28). Foto: Getty Images.
  • A greve tinha sido planejada pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) para acontecer na segunda-feira (29);

  • A divulgação do cancelamento foi feita neste domingo (28) por comunicado afirmando que, em votação, os trabalhadores aceitaram a proposta para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho;

  • Do total de votos foram registrados 53,68% a favor da proposta, enquanto 45,56% estiveram contra; uma parcela de 0,76% se absteve.

A greve que começaria na segunda-feira (29), e havia sido planejada pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), que representa funcionários da Azul, Gol, ITA, Latam, Latam Cargo e Voepass, foi cancelada.

Leia também:

A informação foi divulgada em comunicado neste domingo (28), e diz que, em votação online, os trabalhadores aceitaram a proposta para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho.

A proposta foi desenvolvida no sábado (27) em reunião mediada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) com o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA) e contou com participação das empresas aéreas.

O TST propôs um reajuste imediato de 75% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) dos últimos 12 meses nos salários dos funcionários. 

Também ficou previsto o reajuste de 100% do INPC dos últimos 12 meses nas diárias de alimentação nacionais e vale alimentação.

A renovação na íntegra de outras cláusulas sociais também ficou acertada. Na votação, ficaram registrados 53,68% a favor da proposta, enquanto 45,56% estiveram contra, além uma pequena parcela de 0,76 que se absteve. Participaram um total de quase 7 mil tripulantes.

As informações são da Exame.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos