Fundação Gates investirá R$ 670 milhões em remédio contra a Covid-19

·1 min de leitura
Melinda Gates
Objetivo é ajudar países de baixa renda a obter o molnupiravir

(LUDOVIC MARIN/AFP via Getty Images)

  • Fundação Bill e Melinda Gates investirá R$ 670 milhões em remédio contra a Covid-19

  • Segundo Melinda, é inaceitável que países de baixa renda tenham que esperar por tudo

  • Dinheiro apoiará o desenvolvimento e fabricação do molnupiravir, quando aprovado

A Fundação Bill e Melinda Gates anunciou um investimento de US$ 120 milhões (R$ 670 milhões) para ajudar os países de baixa renda a conseguirem o molnupiravir, remédio desenvolvido contra a Covid-19.

"Os países de baixa renda tiveram que esperar por tudo, desde equipamentos de proteção individual até vacinas. Isso é inaceitável", afirmou Melinda Gates, nesta terça-feira (19).

Leia também:

A co-presidente da Fundação ainda disse que esforços conjuntos entre doadores, fundações e governos são fundamentais para garantir o acesso desses países ao medicamento.

De acordo com o comunicado divulgado pela instituição, o dinheiro será utilizado para apoiar o desenvolvimento e fabricação de versões genéricas do molnupiravir, caso seja aprovado pela Food and Drug Administration (FDA), agência de saúde dos EUA. No momento, o medicamento está em fase de análise, mas já existe uma movimentação global para a produção dele, incluindo no Brasil.

Desde o começo da pandemia, a Fundação Bill e Melinda Gates investiu cerca de US$ 1,9 bilhão, equivalentes a R$ 10,64 bilhões, na luta contra a Covid-19.

Com informações do Canaltech

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos