Fundador da Aave vende NFT por R$ 1,15 milhão como experimento social

·1 minuto de leitura
Fundador da Aave vende NFT por R$ 1,15 milhão como experimento social. Foto: Reprodução da internet.
Fundador da Aave vende NFT por R$ 1,15 milhão como experimento social. Foto: Reprodução da internet.
  • NFT vendido por US$ 1,15 milhão faz parte de experimento social;

  • O ativo digital é um pequeno videoclipe chamado "Yield";

  • Um dos planos é descobrir o processo de valorização do NFT.

Stani Kulechov, cofundador do projeto Aave, vendeu um NFT (token não fungível, em tradução livre) por 350 ethers (ETHE), o equivalente a US$ 1,15 milhão. O ativo digital é um pequeno vídeo chamado “Yield”, que também faz parte de um experimento social.

O curto videoclipe, criado pelo artista de NFT Sven Eberwein, apresenta balões em formato de letras criando a palavra “YIELD”, que em português significa “rendimento”. O experimento social é tematizado em cima da ideia do lucro, obtido por meio dos projetos de protocolos de empréstimo, como a Aave.

Leia também:

De acordo com dilema da proposta, o comprador do NFT pode ficar com o objeto digital, esperando sua possível valorização, ou poderá vendê-lo para algum comprador. Outra possibilidade é revender o ativo digital para o próprio Kulehov até o dia 31 de outubro, recebendo todo o dinheiro de volta, com 10% a mais do valor do ativo digital ou 10 ETH (US$ 33 mil).

Com o NFT tendo sido vendido por um alto montante, 10 ETH seria o valor ganho pelo comprador, e não os 10% do preço pelo qual foi vendido. O dilema criado está em volta do possível dilema do comprador, que decidirá se prefere o NFT ou os US$ 33 mil.

Segundo Kulechov, o motivo por trás do experimento é testar se o comprador manterá a obra e se o NFT se valorizará.

As informações são do Money Times.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos