Fundos europeus: Budapeste a postos para compromissos com Bruxelas

A Hungria diz-se a postos para assumir compromissos com Bruxelas e aceder aos fundos de recuperação da pandemia de Covid-19.

O ministro húngaro para o Desenvolvimento Territorial e Utilização de Fundos Europeus, Tibor Navracsics, confirmou isso mesmo em entrevista à Euronews.

Budapeste continua à espera de 15 mil milhões de euros em fundos europeus, mas falta a "luz verde" da Comissão Europeia que quer, entre outras coisas, que o país faça reformas anticorrupção.

Depois da aprovação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) da Polónia, com condições, só falta a Hungria aceder às verbas.

"Espero que esta mudança, que é a minha nova nomeação ministerial, possa ajudar a dar um novo impulso às negociações. Atendendo a que a Hungria é o último Estado-Membro da União Europeia sem acordo com a Comissão Europeia sobre um plano de reconstrução nacional, o nosso objetivo é agilizar ao máximo as negociações para que possamos assinar este acordo até o final do ano", sublinhou Tibor Navracsics.

A situação económica no país é crítica. A moeda húngara está em queda e por causa do défice o governo anunciou cortes orçamentais e mais impostos.

Os especialistas dizem que Budapeste precisa dos fundos como pão para a boca.

Mas será que a Hungria está pronta para se curvar às exigências de Bruxelas?

O ministro Tibor Navracsics dá sinais de abertura: "nas questões de concursos públicos e em matéria de corrupção, podemos propor passos que os peritos da Comissão Europeia sejam capazes de aceitar. Espero ter também um acordo a nível político. Estes passos estão, neste momento, a ser afinados."

Se até ao fim do ano, a Hungria e a Comissão Europeia não se entenderem, 70% dos fundos de recuperação destinados ao país serão perdidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos